Serviços

Ao longo da nossa vida, passamos por grandes transformações.

Transformações que nem sempre são fáceis… Muitas vezes sentimo-nos como “lagartas”. Tudo nos parece o fim. Mas, até quando o fim parece o único caminho, pode dar-se uma transformação. Tal como a lagarta, que enfrenta dificuldades e pensa que a vida está perto de terminar, se transforma numa linda Borboleta, também nós, na nossa vida encontramos inevitavelmente borboletas e lagartas, coisas boas e coisas menos boas! Contudo, as realidades negativas podem sempre fazer nascer algo de bom!

Quais serão as “lagartas” que terá de suportar? E quais as “borboletas” que espera conseguir? Neste processo de transformação, proporcionamos a oportunidade de Voar, a todas as Borboletas! Criar, transformar, mudar e ter coragem de aceitar!

O processo terapêutico procura promover o seu bem-estar, favorecendo uma maior satisfação consigo, com os outros e com a sua vida. Trata-se de um processo de desenvolvimento, que se inicia com a clarificação da dificuldade apresentada. O objetivo é potenciar-lhe a capacidade de agir na sua vida de forma mais coerente com as suas necessidades e aspirações e simultaneamente estabelecer relações mais gratificantes com os outros.

Inicie já este caminho e atreva-se a voar!


O processo terapêutico é um processo de reconhecimento e descoberta de si próprio, dos seus problemas, do seu funcionamento; e de exploração e experimentação de possibilidades de mudança, de transformação, que possibilitem maior bem-estar e autorrealização.

É um processo de desenvolvimento pessoal mas acompanhado. O terapeuta funciona como um facilitador do autoconhecimento e da mudança. Alguém que ajuda a descobrir recantos escondidos, significados potencialmente transformadores, e incentiva a experimentação de novas possibilidades.

Áreas de Intervenção:

  • Baixa Autoestima
  • Depressão, tristeza e perturbações do humor;
  • Ansiedade, stress e problemas associados (pânico, fobias, stress pós-traumático, comportamentos obsessivo-compulsivos,…);
  • Problemas emocionais;
  • Dificuldades relacionais, problemas conjugais, problemas familiares;
  • Dificuldades de adaptação a mudanças, novas situações de vida;
  • Dificuldades na tomada de decisões;
  • Problemas profissionais, vocacionais;
  • Perturbações da personalidade;
  • Problemas alimentares;
  • Problemas sexuais;
  • Questões relacionadas com identidade sexual;
  • Luto;
  • Adicções;
  • Desenvolvimento pessoal;
  • Entre outros de foro psicológico.

A criança, desde que nasce e nas diferentes fases do seu crescimento pode ser confrontada com desafios e exigências que devido à sua personalidade e a algumas condicionantes da sua vida, poderão ser sentidos de maneiras diferentes, dando origem ao sofrimento na criança e traduzir-se em diversos sintomas.

As capacidades simbólicas da criança não estão ainda desenvolvidas como as dos adultos, e a verbalização do sentimento pode ser difícil de expressar através das palavras, utilizando-se assim o brincar, o jogo e o desenhar como meio de comunicação, que permite chegar aos seus conflitos internos e emocionais.

O verdadeiro diálogo e a empatia para com uma criança, começa por sabermos estabelecer uma relação adequada com ela. Muitas vezes os pais sentem-se aflitos e culpados, sem saber como lidar com certas situações e comportamentos que vão surgindo durante a infância.

A consulta de Psicoterapia Infantil e do Adolescente traduz-se num processo terapêutico em que é criado um espaço relacional e empático, onde a criança é acompanhada, e através do brincar, do desenhar e/ou do falar, se provocam mudanças nos esquemas mentais das crianças e dos jovens de forma a organizá-los. Por outro lado, neste espaço é transmitido aos pais como lidar com os seus filhos, de forma a facilitar um desenvolvimento psicológico e emocional saudável.

A Psicoterapia Infantil é aconselhada quando se verificam:

  • Dificuldades de Atenção, Concentração;
  • Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção;
  • Despiste de Dislexia;
  • Perturbações de Eliminação (enurese e ecoprese);
  • Recusa ao Brincar;
  • Comportamentos de Oposição, Desafio e Agressividade;
  • Problemas de Comportamento;
  • Birras;
  • Dificuldade no Controlo dos Impulsos;
  • Problemas no Sono;
  • Terrores Nocturnos, Medos e Ansiedades Generalizadas;
  • Dificuldades de Relacionamentos;
  • Insucesso Escolar;
  • Recusa Escolar;
  • Desmotivação Escolar;
  • Dificuldades de Aprendizagem;
  • Dificuldades da Leitura e da Escrita;
  • Antecipação na Entrada para a Primária;
  • Avaliação de Prontidão Escolar;
  • Depressão Infantil;
  • Problemas Alimentares;
  • Luto;
  • Instabilidade Emocional;
  • Dificuldades Sociais, entre outros sintomas.

O Coaching é uma técnica que se dirige à área cognitiva da sua mente, utilizada para melhorar o seu desempenho, quer na sua vida pessoal, quer na sua vida profissional, visando a obtenção de resultados observáveis e mesuráveis, da sua performance e do seu grau de autoconfiança e de autorrealização, num curto espaço de tempo, previamente definido entre o Coach e o Paciente.

Áreas de Intervenção:

  • Autoconhecimento
  • Clarificar e organizar o pensamento
  • Aumentar a proactividade
  • Aumentar a criatividade
  • Melhorar a performance
  • Melhorar as relações interpessoais
  • Adquirir novos recursos, capacidades e ferramentas

A Nutrição surge na Clinica da AutoEstima como um complemento ao tratamento e redução de sintomatologia da Endometriose, mas também como uma parceira no caminho da AutoEstima.

“Somos aquilo que comemos”, declarava Hipócrates, pai da medicina, há milhares de anos, justificando o facto de a alimentação estar diretamente relacionada com a saúde. A maioria das pessoas procura um nutricionista para perder peso, mas na verdade este profissional de saúde pode contribuir para a manutenção da saúde e bem-estar em qualquer ocasião.

O nutricionista estuda os alimentos e a forma como o organismo os utiliza, em especial como os absorve ou metaboliza. As suas habilitações permitem-lhe avaliar as necessidades nutricionais individuais e desenvolver planos alimentares personalizados. Este profissional de saúde tem a capacidade de educar, aconselhar, monitorizar e apoiar ao nível nutricional. Médicos convencionais e outros técnicos de saúde reconhecem a importância e aconselham consultas de nutrição.

Yôga é uma filosofia de vida milenar.

Foi criada por Shiva há mais de 5000 anos, e é composta por uma variedade de técnicas que quando incorporadas no dia a dia do praticante, o catapultam para estados de consciência expandidos, promovendo evolução e qualidade de vida.

Ao praticar as diferentes técnicas diariamente, irá desenvolver força muscular, emocional e mental, e ganhar energia e vitalidade para usufruir de uma vida extraordinária. Aprenderá a gerir o Stress e as emoções de forma a conseguir direcionar a sua energia para o que quer, estimulando a criatividade e a realização de projectos e objetivos.

A prática de  Swàsthya Yôga visa dar ao praticante a autosuficiência necessária para que ele possa incorporar na sua vida tudo o que lhe é transmitido na sala de aula, e com isso desenvolver todas as suas potencialidades.

Meditação consiste em parar de pensar a fim de permitir que a consciência se expresse através de um canal mais subtil, mais profundo, mais abrangente, que está acima da mente. Antes da meditação podemos facultativamente, praticar uma técnica preparatória: o mindfulness.

Mindfulness designa o exercício de observar os cinco sentidos, o “ato de estar presente” sem dispersar. Ao estarmos presentes no “aqui e agora”, vivenciamos tudo o que nos envolve com outra perspetiva, o tempo expande-se, tornando cada experiência mais intensa.

Estar presente constitui a primeira etapa para meditação.

A mente humana é dispersa por natureza e os processos de condicionamento que recebemos desde que nascemos criam respostas condicionadas que nos fazem agir em piloto automático. É por isso que parar de pensar na teoria nos parece tão simples, mas é algo desafiante que requer treino e disciplina e de outras técnicas complementares.

Meditação é uma ferramenta para o autoconhecimento.

O Teatro Terapêutico surge da união do Teatro à Psicologia, beneficiando do potencial de cura do Teatro. As técnicas são as do Teatro mas o objetivo principal é terapêutico. O enfoque é na pessoa e não no produto artístico. É mais importante o processo do que o resultado.

São conhecidos vários benefícios do Teatro Terapêutico:

  • Promove o autoconhecimento,
  • Estabelece relações sociais e fomenta o trabalho de equipa,
  • Trabalha a memória e a concentração,
  • Desenvolve a consciência corporal,
  • Explora a expressividade vocal,
  • Ativa a criatividade,
  • Aumenta a AutoEstima,
  • Entre muitos outros, de acordo com a necessidade de cada um.

É indicado para todas as pessoas que queiram experimentar, independentemente da idade, sexo ou situação clínica. Sem contraindicações.

Um espaço/tempo para Estar, para Sentir, para Ser.